Clube de Leitura Penguin #31 - Diário das Coincidências

Mais um encontro maravilhoso e animado com o Clube de Leitura Penguin de Fortaleza. Participo de alguns Clubes de Leitura além desse, mas esse foi o meu primeiro e é aquele que não deixo de comparecer. Para o mês de agosto lemos o livro do João Anzanello Carrascoza, Diário das Coincidências lançado pelo selo Alfaguara da Editora Companhia das Letras.


O livro em questão foi lançado em setembro do ano passado, são crônicas relatando várias coincidências acontecidas pelo autor. Algumas são pequenas todas acabam se entrelaçando nas coincidências. Leitura rápida, fácil e super gostosa. São historinhas do dia a dia de vários momentos, as vezes até bobinhos, mas que se nota as coincidências da vida. E acabamos refletindo nossa rotina e lembrando de alguma casualidade vivida! Sempre temos uma eventualidade dessas para contar!


"Pensa, tão somente, que escrever é tocar, acariciar, abraçar, por meio das palavras, aqueles que perdemos. Ou que nunca tivemos. Nada tão importante assim: agora ele entende a posição daquele escritor ante a literatura. E pede perdão a quem o lê, aqui, por ter trazido à luz estas histórias duplamente perdidas." trecho do livro

Descobri hoje que o autor tem um blog chamado Diário das Coincidências onde as pessoas podem colocar lá suas histórias, contar suas coincidências. E onde podemos conhecer mais um pouco sobre o autor brasileiro e como ele concebeu esse livro. Bem interessante! Adorei. Vale a pena ir lá no blog!



O encontro de ontem foi super informal. A nossa mediadora teve um contratempo e não pode comparecer. Como já estavámos na Livraria Cultura, conversamos animadamente sobre o livro e várias coincidências nossas. Uma clubista levou um quiche de carne do sol e levei refrigerante. Lanchamos, fofocamos e tiramos fotos bem casuais.


Beijos literários
Adriana Balreira

Clássicos da Literatura Brasileira - Baratinhos

Adoro comprar livros!!! E se forem baratos melhor ainda. E mais feliz ainda se forem com capas lindas!! Vi uma postagem no instagram da @livrosdacha com o livro Triste fim de Policarpo Quaresma de Lima Barreto e fiquei encantada com capa. E na postagem tinha que o livro era da Livraria da Câmara dos Deputados e muito barato!


Não perdi tempo e fui logo pesquisar na internet o site da Livraria da Câmara dos Deputados e quando me deparei com edições lindissimas de Clássicos da Literatura Brasileira com precinhos camaradas e com fretes grátis!! Na mesma hora comprei Dom Casmurro e o Triste fim de Policarpo Quaresma.


Dom Casmurro está muito linda a edição!! Sou apaixonada por esse livro. Tinha o meu do tempo de escola ainda e há uns anos emprestei e nunca me devolveram. Fiquei mega triste pois amo reler esse livro. Sempre encontro novas nuances não percebidas antes. E com o precinho camarada (4 contos!!!) não tinha como não comprar!


Triste fim de Policarpo Quaresma li no Colégio ainda. Não vou mentir, não lembro mais da história. E como esse ano o Lima Barreto foi o grande homenageado da FLIP, é um livro que irei reler com muito prazer. Amo literatura brasileira. Principalmente essas que são obrigatórias na escola, que com certeza ler agora é um prazer delicioso! Uma nova visão, um novo olhar... 


Voltando a Livraria da Câmara dos Deputados! Não conhecia até vê no instagram, aliás eles tem um instagram sigam @ediçoescamara . Gente!! Os livros super baratinhos e com frete grátis!!! Não tem como não comprar todos os livros dessa Série Prazer de Ler que já conta com três lançamentos: Dom Casmurro, Triste fim de Policarpo Quaresma e Iracema . Esse último já comprei assim que vi que lançaram. Estou só aguardando chegar! Vão lá e comprem também! Vamos ler literatura brasileira!! E ainda vem com marcadores lindos!! 

Beijos literários
Adriana Balreira

Sopa de Cebolas #rápida

Adoro receitas rápidas, fáceis, com poucos ingredientes e baratas!!! Então essa sopa de cebola para mim não tem igual! Faço sempre quando quero comer algo quentinho no jantar.


Vamos aos ingredientes (para duas pessoas):
- 03 cebolas médias a grandes
- 02 colheres de manteiga
- 02 colheres de farinha de trigo
- 01 tablete de caldo de carne
- Água quente (1/2 litro a 1 litro)


Modo de preparo: 
- Cortar a cebola a julienne (verificar a foto abaixo), cebolas em fatias. Colocar em uma panela com a manteiga e refogar até a cebola ficar bem clarinha a caramelizada.


- Após a cebola ficar bem refogada, adicionar a farinha de trigo e mexer bem. Depois basta adicionar o tablete de carne (ou frango ou legumes) e a água já quente. Nunca meço a água, vou colocando no olhômetro mesmo, até cobrir as cebolas. Vou mexendo e só esperar ferver e pronto!


Já tinha colocado uma receita de sopa de cebolas aqui no meu blog, mas levava leite e como sou intolerante a lactose resolvi fazer mais simples e fica uma delícia mesmo! Adoro essa sopa! Super baratinha e sempre temos esses ingredientes em casa! 

Beijos quentes
Adriana Balreira

Clubes de Leitura #Fortaleza

Não sei se na cidade onde vocês moram existem muitos Clubes de Leitura, mas aqui em Fortaleza meio que virou febre! Tem vários e vários Clubes de Leitura para todos os gostos. Eu adoro isso! Quanto mais incentivos para novas leituras e leitores melhor. E não vou nem mentir que participo de quase todos que aparecem por aqui!


Clube de Leitura é bom para se diversificar o tipo de leitura. Eu não gosto muito de ler contos e poesias, e frequentando clubes de leitura já li vários livros. Além disso tem o prazer de comentar uma mesma leitura com várias pessoas. Alguns gostam outros nem tanto e a discussão gerada se torna muito rica. O melhor de tudo são as amizades criadas nos Clubes de Leitura! Pessoas com interesse comum, o que é difícil encontrar hoje em dia! 

E para quem é de Fortaleza vou colocar aqui alguns Clubes de Leitura que frequento, e tenho certeza que na cidade onde vocês moram também existe pelo menos um. Ou se não tem, animem-se e criem um Clube de Leitura para chamar de seu!!

- Clube de Leitura Penguin - esse é o mais antigo de Fortaleza, existe há mais de 5 anos. E o que vou a mais tempo também, tem quase 3 anos que vou todos os meses. Os encontros acontecem sempre na última segunda-feira de cada mês na varanda da Livraria Cultura (avenida Dom Luís, 1010) às 19h30. Os livros escolhidos são do catalogo da Editora Companhia das Letras. Um mês literatura estrangeira e no outro literatura nacional. A mediação é da Barbara Araújo e nesse mês estamos lendo o livro Diário das coincidências do João Anzanello Carrascoza. Amo esse clube! 


- Clube de Leitura Leia Mulheres - Também se encontram na varanda da Livraria Cultura. Sempre no último sábado de cada mês às 19h. Nesse clube só lemos livros de autoras! Sim, de escritoras mulheres! Tanto nacionais quanto estrangeiras. A mediação é de Alessandra Jarreta. Esse mês o livro será O conto da Aia da Margarett Atwood, uma distopia maravilhosa. Aqui o site do Leia Mulheres onde tem várias cidades do Brasil.

No Clube de Leitura da Sublime com o pessoal do Clube de Leitura Penguin

- Clube de Leitura Sublime - Se encontram na Confeitaria Sublime (rua Eduardo Bezerra, 1276 – São João do Tauape)no último sábado de cada mês, sempre às 10h. Esse clube tem 1 ano de existência e as reuniões sempre lotadas. O público maioria de psicólogos e/ou advogados. Sou uma estranha no ninho!! rsrs... E a partir desse mês, para quem quiser participar do clube terá que fazer uma inscrição na Confeitaria Sublime dias antes da reunião, pois o local é bem pequeno e está lotando demais!!! Teve um dia com mais de 50 pessoas onde cabem umas 30 somente! Para o mês de agosto o livro escolhido foi Olhos D'água da Conceição Evaristo.


- Clube de Leitura Jane Austen - Esse é novidade! Vai começar no dia 03/09 no Café Viriato do shopping Del Paseo às 10h. Pelo nome do clube, serão lidos somente livros da Jane Austen! Esse mês será o lido o livro Emma. Vou tentar ler para ir e ver como é.

E aí, vocês participam de algum Clube de Leitura? Me contem!!

Beijos literários
Adriana Balreira

Nossas Noites #Resenha

Quando a Companhia das Letras lançou o livro Nossas Noites do Kent Haruf e li a sinopse, já fiquei com vontade de ler. Eu adoro livros com temática de amores na terceira idade. E o autor Kent Haruf, americano, faleceu em 2014, esse foi seu último livro. Não conhecia esse autor, mais um motivo para ler, adoro desbravar novos olhares.


Site | Facebook | Twitter  Instagram 

O livro é narrado em terceira pessoa e começa com a senhora viúva Addie indo a casa do seu vizinho também viúvo para lhe fazer uma proposta. Para que ele fosse dormir com ela na sua casa de vez em quando. Eles eram somente vizinhos há muito tempo, mas nada além disso. Addie diz a Louis que se sente muito só e gostaria de ter uma companhia para conversar antes de dormir. E não haveria sexo entre eles. Louis achou a proposta estranha mas acabou aceitando. Os dois moravam sós e os filhos de cada um moravam em outra cidade.


Assim segue o livro, com as conversas na cama antes de dormirem. Eles se conhecendo, sabendo da vida de um e do outro, dos seus casamentos, sobres seus filhos. Até que um dia o filho de Addie liga falando que está se separando e sua mulher o deixou com o filho. E pede a mãe para ficar umas semanas com o menino de 6 anos até as aulas retornarem. Jamie passa um tempo com a avó e Louis, adotam uma cadela e assim Louis se torna mais intimo de Addie. Só que esse relacionamento não é bem visto pelos habitantes da cidadezinha e nem muito menos pelos seus filhos.

Foto ilustrativa

Como se felicidade tivesse idade para acontecer. Somos uma sociedade muito preconceituosa mesmo. Onde somente os jovens podem ser amados e felizes. Onde o amor entre os da terceira idade não pudesse ocorrer. E no livro o amor, o carinho, a intimidade do casal é tão lindamente descrito. Deu vontade de ter essa cumplicidade esse afeto sempre. O livro Nossas Noites é muito fofo! Leitura fácil, rápido e gostoso de ler! Quero um relacionamento assim!!! Leiam!! Vocês irão amar! ♥♥♥♥ 

Beijos literários ♥♥ 
Adriana Balreira

Testei e aprovei!!

Estava na loja da minha mãe (Nina Confecções na Av. Monsenhor Tabosa, 403 loja 01) esses dias e lá tem uma bomboniere com bombons para os clientes adoçarem a vida enquanto escolhem a roupa para comprarem. Mas o problema era que as formigas se apoderaram dos bombons e não tinha jeito. Matava, passava alcool perto, coloquei a bomboniere em cima de um pratinho com água. Nada resolvia. As pestes das formigas não deixava o balcão da loja por nada! Então fui pesquisar no pai google e vi uma dica de colocar cravos.


Cravos! Simples cravos que colocamos em doces para dar aquele aroma e sabor gostoso. Não custava quase nada!! rsrs... Fui no supermercado e comprei um pote de cravos e saí espalhando cravos ao redor da bomboniere e deixei.


Após alguns instantes.... Cadê as formigas??? Sumiram! Não tinha mais formigas em canto nenhum na loja. Nem perto dos bombons e nem na loja! Ficamos livres das formigas! Agora as clientes podem pegar seus bombons tranquilas que não vão se deparar com as criaturas chatas!


E assim comprovei mais uma utilidade do cravo nosso de cada dia! Amei e aprovei! Perfeito!

Beijos doces sem formigas
Adriana Balreira

Clube de Leitura Penguin #30 - A vida invisivel de Eurídice Gusmão

Semana passada tivemos o nosso encontro do mês de junho do Clube de Leitura Penguin com o livro A Vida Invisível de Eurídice Gusmão da autora brasileira Martha Batalha da Editora Companhia das Letras. Um livro super aclamado, que antes mesmo de ser lançado no Brasil já tinha sido vendido para vários países. E inclusive já foi vendido para ser filme!


Site | Facebook | Twitter  Instagram 

O encontro demorou a acontecer por ter sido um encontro bem diferente do habitual. Uma clubista levou uma amiga, a Rita Brígido, que fez uma explanação linda no auditório da Livraria Cultura sobre o livro da Martha Batalha e levantou vários pontos da obra.


Vou começar falando sobre o livro A vida invisível de Eurídice Gusmão. O livro é sobre a vida invisível de Eurídice Gusmão, uma dona de casa dos anos 40, que tem dois filhos, casada com um funcionário do Banco do Brasil. Mulher aparentemente feliz, que não falta nada contudo falta tudo! Sua vida extremamente monotona e quando tenta mudar o marido logo a faz desistir de fazer algo útil e movimentar sua vidinha de mãe e esposa. História típica de nossas avós, mães... das mulheres que se submetiam ao marido em tudo. Essa era a vida invísivel dessa mulher. Nos mostra como o mundo era ou é machista!


A Rita Brígido fez um resumo o livro e nos trouxe todo uma ambientação da época do livro. Um primor de detalhes. Foi super gostoso rever o livro sob outros olhos. E no final fizemos nosso velho debate dos clubistas para saber quem amou ou não o livro. E nesse caso tivemos várias pessoas que não gostaram do livros e outros que amaram!


O livro mostra o dia a dia dessa esposa e mãe de classe média sem muitos sobressaltos na sua vida. Então fica um pouco cansativo a leitura. Mesmo sendo um livro pequeno. Vale pela proposta e pelo debate que o livro proporciona. O feminismo, a submissão da mulher ainda tão em evidência mesmo em pleno 2017! Eu adorei o livro e mais ainda depois da palestra da Rita Brígido. Um tema super atual e que precisa mesmo ser discutido.

Beijos de época
Adriana Balreira
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...