Clube de Leitura Penguin #24 - O Cortiço

O livro do mês de Novembro do Clube de Leitura Penguin de Fortaleza foi o clássico do Aluísio Azevedo "O Cortiço" da Companhia das Letras. Livro que muitos leram na escola mas eu nunca tinha lido, lembro que no colégio o livro do Aluísio Azevedo que li foi o Casa de Pensão. Então amei ter essa oportunidade de ler uma obra clássica da literatura brasileira. Sempre, sempre é muito gostoso degustar palavras escritas por nossos autores.


Site | Facebook | Twitter  Instagram 

O Cortiço narra a história do João Romão, um português que mora no Rio de Janeiro, vendedor, dono de uma pedreira e de um cortiço. Mora com uma ex-escrava, a Bertoleza. Ao lado do cortiço mora o casal Miranda e Estela e a filha deles. Miranda e Estela vivem um casamento de mentira, Estela já o traiu várias vezes. E Miranda não quer separar para não perder o status que o casamento lhe proporcionou. Vive com a dúvida se a filha é dele ou não. No cortiço moram dos mais variados tipos de personagens. Jerônimo, trabalhador da pedreira do João Romão com sua esposa Piedade. A negra Rita Baiana que tem um namoro com Firmo. Pombinha, uma das poucas pessoas alfabetizadas no cortiço que escreve cartas para o pessoal, casa com um rapaz que lhe era prometido mas logo se separam. 

A história gira em torno do dia a dia dos habitantes do cortiço. Das lavadeiras, das rodas de dança, dos conflitos entre as pessoas, seus relacionamentos e convívios entre si. O mais interessante é verificar que essa dinâmica não modificou mesmo decorrendo mais de um século. Esses conflitos entre as pessoas, as invejas, as brigas, os desentendimentos, nada mudou! As brigas entre os casais, as paixões desenfreadas, as decepções amorosas, as maldades... são descritas de uma forma incrivelmente verdadeiras e factuais. O Aluísio Azevedo consegue passar um realismo nas cenas descritas ao longo do livro encantadoramente. E são personagens fortes, densos, com muita alma. Mesmo sendo em um número grande, não dá para confundir ou mesmo se perder ao longo do livro.


Muitos clubistas falaram que leram esse livro na escola. Na minha nunca adotaram esse livro. E ao ler "O Cortiço" entendi o porquê das irmãs do Colégio da Imaculada Conceição (onde estudei) não ter obrigado a gente ler. Tem várias cenas picantes! São sutis, nada muito escancarado. Mas não adequadas para um colégio de freiras no século passado...rsrs... Voltando ao livro, só tenho uma coisa a dizer, MARAVILHOSO!! Leitura obrigatória para todos os brasileiros. Sim, um livro do século 19, não importa!! É um livro fácil de ler, sem palavras dificeis, com varias histórias se desenrolando ao longo do livro e uma riqueza imensa de personagens! Leiam, um livro que se encontra com um preço acessível e super enriquecedor.♥ ♥ ♥ 

Beijos literários ♥ 
Adriana Balreira

11 comentários:

Pedrita participou com o comentário número:

eu tb demorei pra ler. é uma obra incrível. não lembrava q a ex-escrava se chamava bertoleza. vai ver que em liberdade liberdade resolveram homenagear a personagem pq uma tinha o mesmo nome e era ex-escrava. beijos, pedrita

Neli Rodrigues participou com o comentário número:

Eu sou dessas que leu O Cortiço no colégio, mas não que minha escola tenha pedido, eu é que lia TODOS os livros que constava na lista da FUVEST e UNICAMP.
Ainda lembro da passagem que ele compara as lavadeiras do cortiço como se fossem "larvas em cima do esterco". O Naturalismo, curto e grosso, comparando os seres humanos aos animais.
Bjs

Anne participou com o comentário número:

Acho que encontrei o motivo pelo qual o meu colégio (de freiras, como o seu) não adotou esse livro. Hahahah
Eu li um resumo desse livro porque era obrigatório pro vestibular, mas com tanta coisa pra estudar não tive chance, na época, de ler o livro todo. Engraçado que sempre penso nele e tenho a maior curiosidade, adoro os clássicos!
Excelente resenha!
Beijo

Toninho participou com o comentário número:

Foi muito boa escolha a Adriana.
Devorei este livro na época do segundo grau e depois pre vestibular nos anos 70.
Li o Mulato também.
O social era o forte de Aluísio Azevedo.
Um abração na bela semana amiga.
Bjs

Lulu on the sky participou com o comentário número:

Oi Adriana,
Sempre quis ler esse livro, mas como estudei em colégio de freiras foi proibido pelo colégio.

Big Beijos
Lulu on the Sky

Andréa Santana participou com o comentário número:

Hello, querida Adriana!
Boa escolha, esse livro é maravilhoso mesmo!
Adorei a foto de vocês, sempre lindos!

Beijinhos, abençoado Dezembro ♥

Zizi Santos participou com o comentário número:

Adriana, que bom você trazer essa sugestão de livro clássico brasileiro !
eu li na adolescência , mas recordo de pouca coisa.
É picante sim, e as irmãs podem ter tido cautela em não sugerir essa literatura.
Um livro delicioso!

gostei do seu vestido, está muito linda!
bjs

Betty Gaeta participou com o comentário número:

Oi Adriana,
Eu li na escola também (não estudei em colégio de freiras). Me lembro muito pouco do livro e lendo sua resenha fiquei com vontade de reler.
Bjs

piteis da dinha participou com o comentário número:

Oi Adriana, bt!
Eu já li o livro mais de uma vez e também vi o filme e adorei!
Amiga do céu, me explica a origem do nome do doce da banana aí no Ceará! kkkkkkk
Demais!
Bjsss e uma semana linda e abençoada p/vcs

Maria Teresa Valente participou com o comentário número:

Olá, Adriana, li "O Cortiço" na adolescência, ainda tenho comigo, você falando me deu uma vontade de reler...
Adriana, você se destaca pela elegância, amei!
Tenha um excelente final de semana, abraços carinhosos
Maria Teresa

Postar um comentário

Olá, adoro ler os comentários que vocês deixam.
Beijos
Adriana Balreira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...