Para Poder Viver - Resenha

Adoro ler histórias sobre outras culturas, outros países. Principalmente aqueles envoltos em mistérios e opressão. E quando a Companhia das Letras lançou o livro sobre a Coreia do Norte tinha que ler. PARA PODER VIVER - A jornada de uma garota norte-coreana para a liberdade da Yeonmi Park e Maryanne Vollers, um livro forte e maravilhoso.



Site | Facebook | Twitter  Instagram 

Yeonmi Park uma menina norte-coreana que não sabia o significado de liberdade e amor. Viveu até os 13 anos sob o regime ditadorial dos Kim! Se Yeonmi tivesse ficado na Coreia do Norte, ela e sua fammília iriam morrer de fome ou executados pelo regime opressor do Kim Jong-Il. O livro é narrado em primeira pessoa em três fases: na Coreia do Norte, na China e na Coreia do Sul. Na sua infância seu pai vivia de contrabandos e conseguia manter uma casa com alimentos para Yeonmi e sua irmã mais velha Eunmi. Ela menciona como era ficar olhando as luzes do outro lado da fronteira da China enquanto sua cidade Hyesan se encontrava na escuridão, pois eram raros os momentos com energia elétrica. 

Mesmo no inverno com baixas temperaturas eles dispunham de aquecimento adequado. Os alimentos eram racionados e não tinham sequer assistência médica. Uma vez Yeonmi adoeceu e teve que ser internada e nem gases havia. E no pátio ficavam amontoados corpos das pessoas que morriam no hospital, pois o governo só coletava quando houvesse pelo menos 5 mortos. E é que Yeonmi nasceu em 1993! Não faz tanto tempo assim. Antes de fugir da Coreia do Norte, nunca tinha sequer provado leite. Não fazia ideia de onde vinha. Algumas frutas e animais só viu após sua fuga. 



Aos treze anos, quando o pai dela tinha sido preso por conta dos contrabandos e já não tinham casa e nem alimentos, ela e sua mãe conseguiram passar na fronteira da China e lá começou uma nova vida. Certa que finalmente seria uma pessoa com liberdade, descobre não ser tão fácil assim. Na China foram vendidas por traficantes humanos. Viu sua mãe ser estuprada e teve que aguentar horrores do traficante para poder sobreviver. Sua irmã tinha fugido dias antes para o mesmo destino mas não encontraram. Seu pai adoentado conseguiu fugir alguns meses depois e se juntar a elas. Depois fugiram para Mongólia e finalmente chegaram à Coreia do Sul. Uma luta para chegarem a liberdade!

Li o livro em dois dias. É forte sim, mostra uma realidade distante demais de todos nós. Muito sofrimento e opressão. Um livro revelador, de muita coragem, com muita emoção. É triste, muito triste. Um fato dos acontecimentos daquela região autoritária. Recomendo a todos lerem esse livro. Perfeito!! Amei!!♥♥♥♥

Beijos de liberdade ♥♥
Adriana Balreira

16 comentários:

Neli Rodrigues participou com o comentário número:

Uma realidade que os meios de comunicação não nos mostra. E são acontecimentos da nossa época e não de séculos passados.
Mto bom a divulgação deste livro mostrando outras culturas.
Bjs

✿ chica participou com o comentário número:

Puxa,que história dessa garota! Credo! Parece ser muito bom! Fica a dica! bjs, chica

Zizi Santos participou com o comentário número:

Adriana, uma resenha bem detalhada que nos faz pensar em quanta maldade há espalhada por esse mundo afora. Hitler se foi, mas ainda existe muito imperador insano por aí.
Já vi documentários no gnt onde falam da Coréia e suas mazelas. Coisas que os jornalistas nao podem mostrar sob pena de morte. Por isso fogem, se exilam.
Gosto de leituras assim. Provam que não vivemos num mundo de Alice, só de maravilhas.

bjs

Ana Paula participou com o comentário número:

Parece ser um outro planeta...
Mas de alguma forma, ainda que timidamente, as histórias começam a nos chegar, abrir nossos olhos. Gostei da tua resenha!
Beijo.

Marly participou com o comentário número:

Deve ser impressionante mesmo. Já tinha visto alguns documentários sobre pessoas que fugiram da Coreia do Norte. Mas o relato dessa menina deve ser muito mais comovente.

Beijoca

Betty Gaeta participou com o comentário número:

Oi Adriana,
Não sabia que existia um livro de uma norte-coreana que conseguiu se libertar! Vou ver se encontro para ler.
Bjs

Lucinha participou com o comentário número:

Adriana,

Eu comprei o livro assim que vi sua publicação no Facebook.
Li em dois dias também.
Realmente, um livro muito forte, mas que nos trás muitos ensinamentos.
Pensei que a história havia se passado há anos atrás. Fiquei surpresa ao descobrir que isso aconteceu a tão pouco tempo, e, que continua acontecendo.
Amei o livro e também recomendo.
Abraços

Andréa participou com o comentário número:

Olá, Adriana!
Deve ser muito bom, apesar das crueldades. Amei a resenha, fiquei curiosa é m livro forte!

Beijinhos ♥

Lulu on the sky participou com o comentário número:

Dri,
Acho bem forte um livro como esse, é pra ler com caixinha de lenço do lado.
Big beijos
Lulu on the sky

Rita Sperchi participou com o comentário número:

Que cruel.....adoro vir aqui e saber
dos bons livras, o post valeu a pena ver
agradeço pelo belo post

Abraços com carinho!

└──●► *Rita!!

Isa Sá participou com o comentário número:

Não conhecia o livro...

Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Isa Sá participou com o comentário número:

Não conhecia o livro...

Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Rosa Paula I Le Paquet participou com o comentário número:

Oi, querida! Já baixei aqui no kindle por indicação sua! Está na fila de leitura! Confesso que nem li toda a sua resenha pois não quero saber detalhes, quero surpresa total! Beijos

Rosa Paula I Le Paquet participou com o comentário número:

Oi, querida! Já baixei aqui no kindle por indicação sua! Está na fila de leitura! Confesso que nem li toda a sua resenha pois não quero saber detalhes, quero surpresa total! Beijos

dyovana participou com o comentário número:

Estou a lÊ parece ser interessante, minha professora que indicou.

Postar um comentário

Olá, adoro ler os comentários que vocês deixam.
Beijos
Adriana Balreira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...