Das Paredes, Meu Amor, Os Escravos nos Contemplam - Resenha

Quando li esse titulo nos lançamentos da Editora Companhia das Letras me assustei, Das Paredes, Meu Amor, Os Escravos nos Contemplam. Fiquei sem saber do que o livro se tratava. Fui ler a sinopse para saber. Pois pelo título pensei que fosse um livro de época, do tempo da escravidão, mas não. É um livro bem atual, um romance policial. E como é de um autor brasileiro Marcelo Ferroni me deu mais vontade ainda de ler. Bom saber que o Brasil tem vários autores maravilhosos.

Adriana Balreira


Site | Facebook | Twitter  Instagram 

E a história é de um escritor, Humberto Mariconda, que acabou de lançar o seu livro mas as vendas não são tão boas. Conhece Júlia e se apaixona por ela, mas ela o trata tão friamente... E em uma das saídas deles, ela o convida para passar o final de semana na fazenda da família dela, onde estarão todos da família reunidos lá. Ele fica super empolgado com o convite, mal sabe ele o final de semana que irá ter. A fazenda é uma casa antiga que o pai da Julia, Ricardo, faz questão de preservar e saber de toda a história dos antigos donos. O pai da Julia é proprietário de uma fábrica de filtros e além de Julia tem mais duas filhas: Ana e Isabel, e é casado com Iolanda. Na fazenda ainda estão os dois primos da Julia, Eugênio e Felipe com sua namorada Pilar. E também estão o marido da Isabel, Mauro e o namorado de Ana, Jorge Alexandre. 

Julia deixa o Humberto totalmente de lado quando chegam na Fazenda, e ele acaba conversando com o Sr. Ricardo e os primos dela sobre a história da casa. A casa está sendo restaurada por Carla que só trabalha durante a noite onde a casa fica no silêncio. Mas Carla não está na casa nesse final de semana. É quando chega o namorado dela atrás da restauradora. E é nesse momento que o livro começa a ficar interessante. Tem uma pessoa sumida e que ninguém sabe o paradeiro. No jantar Carlos, namorado da Carla, pede para conversar a sós com Ricardo no escritório. E depois de um tempo se escutam dois tiros. Todos estão dentro de casa, afinal está chovendo muito. E não tem nem energia e não pega celular na fazenda. Quando vão ver, o pai de Julia está morto! E quem matou??? Eis a questão toda do livro. Que não irei contar, né? Perde a graça. 

O livro é o retrato da família que está toda desestruturada. Os primos acham que a fábrica de filtros também é deles, já que o pai também era sócio do Ricardo. As irmãs brigam muito entre si. Os cunhados tem aquela vontade de poder. O livro é bem denso, bem amarrado no final. E é todo contado através do olhar do Humberto. Não é daqueles livros água com açucar não, mas é super interessante. Eu adorei o final e o desfecho de quem matou! Para quem gosta de suspense e trama familiar, prato cheio. E o Marcelo Ferroni deu uma entrevista para o GloboNews Literatura falando sobre esse livro, quem quiser ver é só entrar nesse link.

Beijos literários 
Adriana Balreira

12 comentários:

Claudia Leonardi participou com o comentário número:

Oi Dri querida
Ja tinha visto o livro e agora fiquei ainda com mais vontade para ler!
Adoro títulos diferentes!
Adorei a resenha
Bjks mil

www.blogdaclauo.com

Gerliane Cabral Moreira participou com o comentário número:

Achei o título super interessante, mas onde ficam os escravos no meio da história toda? kkkkkkk

www.gerlianemoreira.com

Andréa participou com o comentário número:

Adriana,
como sempre vc nos presenteia com suas dicas maravilhosas!
O título é bem chamativo, gostei!

Bjs, ótimo fds ♥

✿ chica participou com o comentário número:

Rolos de família...Deve ser bem legal o livro! Bela resenha! bjs praianos,chica

Aline Lima participou com o comentário número:

fiquei com vontade de ler obrigada pela dica bjussss!!!

Luma Rosa participou com o comentário número:

Oi, Adriana!
Quando comecei a ler o seu post, me lembrei do programa. Acho que faz mais ou menos um mês que assisti e comprei o livro. Ele chegou, a minha prima pegou para ler e ainda não devolveu... Mas ele está na fila. Já tinha me interessado antes, agora mais ainda!
Beijus,

Neli Rodrigues participou com o comentário número:

Vc aguçou minha curiosidade.
Além suspense, sou daquelas que vai dormir de madrugada, pois não consigo para de ler.
Bjs

Beatriz Paulistana participou com o comentário número:

Boa tarde amiga Adriana!!!
E pensei que era sobre escravos...rsrsrs, menina fiquei curiosa para saber quem matou o homem... :(
Adoro histórias assim...
Tudo de bom sempre!!!
Bjokas...da Bia!!!

DMulheres participou com o comentário número:

Pensei tb que fosse de época e sobre escravatura rsrsrs Adorei o enredo, vai pra minha lista!!

Beijos e boa semana,
http://blogdmulheres.blogspot.com.br/
@blogdmulheres

Postar um comentário

Olá, adoro ler os comentários que vocês deixam.
Beijos
Adriana Balreira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...