Estilos de Apego

Ontem assistindo ao Saia Justa no GNT vi uma reportagem sobre o livro Apegados dos autores Amir Levine e Rachel S. F. Heller, que me deixou intrigada. O livro fala que existem 3 tipos de apegos: Ansioso, Seguro e Evitante. A Lúcia Guimarães entrevistou o autor do livro e ele explica que o perfil de apego é sempre alimentado por fatores externos. E diz que se uma pessoa ansiosa e carente se relaciona com um igual a ele não consegue evoluir essa relação. Que um dos parceiros tem que ser seguro.


O livro Apegados é baseado nas pesquisas cientificas, para explicar como muitos criam vínculos amáveis sem esforço algum, enquanto outros têm que lutar tanto pelo amor. Será que podemos simplificar tanto assim os relacionamentos? Saber qual é o nosso perfil e procurar um perfil adequado para a gente por meio da ciência? Como as "meninas" do Saia Justa falaram, nem sempre somos ansiosas, seguras ou evitantes. Temos fases assim, que um dia pode se estar super seguro e logo depois ficar ansioso.

Será que a ciência pode interferir assim em um relacionamento? Tenho minhas dúvidas. Acho que é sorte, os dois querendo um relacionamento sério, boa vontade, empatia e muita paciência... O que vocês acham? Pelo sim ou pelo não, no site do GNT tem um teste para saber qual é o seu tipo de apego. O meu deu ansioso. Confesso, sou assim mesmo, mega ansiosa. Vão lá para saber o que vocês são e me falem.

Beijos no
Adriana Balreira

28 comentários:

Cyh Nina participou com o comentário número:

Olá nossa já tinha ouvido falar desse livro e posso dizer que estou muito curiosa para ler parece interessante
http://cantinhodanina19.blogspot.com.br/

Pepa participou com o comentário número:

Oi Adriana, é a Vi, como seria bom se todos problemas do mundo, pudessem ser resolvidos com as soluções que os pesquisadores fornecem,kkkkkkk
Só que a realidade é bem diferente.
Eu acho que mulher por ter tantas alterações hormonais, não pode ser "padronizada" por uma pesquisa, tem dias que a gente tá carente, outras autoritária, outras doidona, nesse ponto fico com a Rita Lee: mulher é bicho esquisito..kkkkkk
Beijos,Vi

Jamilly Costa participou com o comentário número:

Eu vi o comercial, fiquei super interessada, amei o post!

Beijinhos,
Lia ¨
www.limaoealecrim.blogspot.com

✿ chica participou com o comentário número:

Tenho certeza que o meu dá ansiedade também,rs beijos,chica ( vou ver depois por lá!)

Patricia Galis participou com o comentário número:

Não creio muito em pesquisa e sim em convivência, afinidades, paciencia, amor e etc.... em todo caso fiz o teste e deu:

Seguro: ser caloroso e amoroso em um relacionamento é algo que vem naturalmente. Você gosta de ter intimidade sem ficar excessivamente preocupado com os seus relacionamentos. Leva as coisas tranquilamente no que se refere a romances e não fica facilmente perturbado com assuntos de relacionamentos. Você comunica efetivamente as suas necessidades e sentimentos para o seu parceiro e é bom em interpretar as pistas emocionais do outro e em reagir a elas. Você compartilha os seus sucessos e problemas com ele e é capaz de estar disponível em momentos de necessidade.

Jany Cavalcante de castro participou com o comentário número:

AMiga, adorei o post, sempre vejo o saia justa, logo ontem não vi.
beijos

Lola participou com o comentário número:

Ainda sou da velha opinião que a gente tem que primeiro gostar da gente mesmo para depois procurar e se encaixar num relacionamento, sério ou não. Caso contrário, fica difícil investir em relacionamentos que são fadados ao fracasso.
Assunto interessante e complicado no final das contas né Dri?
Bjs

Lulu participou com o comentário número:

Tb sou ansiosa e confesso que muita ansiedade atrapalha qualquer relacionamento.
Big Beijos

Dalva Rodrigues participou com o comentário número:

Oi Adriana! Olhe...já está tão difícil encontrar alguém, imagine encontrar alguém que se adeque a todas nossas necessidades e temperamentos. Sem contar que amor não funciona assim: Ah esse é a minha cara, minha personalidade ideal e agora vou me apaixonar...
Acho relacionamento sério (morar junto) algo muito complicado, fui casada por 15 anos, quero isso mais não, nem que seja teoricamente perfeito...A realidade nunca é perfeita, amiga! E eu não tenho paciência rsrs

Beijos!

Sheyla - DMulheres participou com o comentário número:

Ari, adorei saber disso. Fiz o teste. O meu deu ansiosa, é claro rsrsresrs
Isso atrapalha bastante.

Bjokasss e boa quinta.

Marly participou com o comentário número:

Oi, Dri,

Antes mesmo de ler as suas conclusões eu já estava discordando das colocações feitas. Este negócio de que "um dos parceiros tem de ser seguro" já é um equívoco, já que não é isso que acontece sempre. A vida é muito complexa e um casal inseguro hoje pode não sê-lo amanhã. Entra muita coisa nos relacionamentos: educação, formação, sorte, carma, energias, missão espiritual, amor, desejo de fazer dar certo, enfim, é bobagem querer equacionar algo tão complexo, rsrs.

Beijoca!

Blog do Óbvio - Manoel participou com o comentário número:

Adriana, fui lá "tomar vacina de relacionamento" e o resultado foi:
"Seu estilo de apego é Seguro."

Agora vem a descrição do que pode ser isso:
"Seguro: ser caloroso e amoroso em um relacionamento é algo que vem naturalmente. Você gosta de ter intimidade sem ficar excessivamente preocupado com os seus relacionamentos. Leva as coisas tranquilamente no que se refere a romances e não fica facilmente perturbado com assuntos de relacionamentos. Você comunica efetivamente as suas necessidades e sentimentos para o seu parceiro e é bom em interpretar as pistas emocionais do outro e em reagir a elas. Você compartilha os seus sucessos e problemas com ele e é capaz de estar disponível em momentos de necessidade."

Vamos aguardar para ver se a ciência está correta. Amanhã sairei mais cedo e ficarei na esquina piscando para as pessoas do sexo feminino. Se der certo com alguma, pegamos o PC e fazemos o teste com ela. Nos relacionaremos por uns 2 anos (sempre anotando tudo o que acontece durante esse tempo) e depois daremos nosso depoimento, rs...rs!
Adriana, um beijo super seguro.
Manoel

Jussara Neves Rezende participou com o comentário número:

Eu nem preciso fazer o teste pra saber... ansiosa. Eu sou. Mas concordo com vc que podemos ser uma e outra e outra coisa, dependendo das circunstâncias e sabe-se lá de que mais... ;)

K® (Kel Costa) participou com o comentário número:

Confesso que não tinha interesse em ler esse livro, nem fiz a solicitação dele pra editora. Mas agora que vc fala sobre a reportagem e tal, fiquei curiosa rsrs

Quem diria que existem vários níveis de apego hein...

Bjs,
Kel
www.itcultura.com.br

Paloma Viricio participou com o comentário número:

Esse livro está sendo muito falado, mas não tenho muito interesse em ler, não! Veremos...né?
Beijocas!
Paloma Viricio- Jornalismo na Alma.

Eu que fiz... ou quase isso participou com o comentário número:

Oi Adriana, um sou meio cética com estes testes! rsrs há tanta gente parecida que não se da bem e o contrário tb, acho que o amor é improvável, eu admiro meu marido, embora o ache bem diferente de mim, tem coisas que ele tem ou faz que se fossem em outro ser humano eu jamais olharia para ele, mas como é o meu Amor, ja nem ligo mais!!
è engraçado pq se eu fosse descrever o homem ideal para mim, com as características que eu gosto (as principais) o Julio não ganharia, mas como um todo é sem dúvida o grande amor da minha vida, com todos erros e acertos rsrs.

Vou fazer o teste.

Olha finalmente criei vergonha na cara e terminei alguns livros rsrs
, lembra o ano passado não li nada!!
bjs

Gélia

Kellen Bittencourt participou com o comentário número:

Oii Adriana, interessante isso, estou indo lá fazer esse teste, me considero uma pessoa bem desapegada rsr vamos ver em que tipo me encaixo, depois volto p contar! Bjooooss

Andréa participou com o comentário número:

Adriana,
sou super ansiosa, mas nunca tive problemas em meu casamento.
Sou casada desde 18 anos, tenho 21 anos de matrimônio, tem que ter muito amor pra me aguentar, kkkkkk.
Brincadeira, sou ansiosa mas sou amorosa, hehehe!

Gostei da dica do livro!
Beijos, bom fds!

Zizi Santos participou com o comentário número:

Meu teste deu seguro! sou durona, rsrsrs
sabe, nunca mais assisti o Saia Justa, desde que eles colocaram homens . Agora com a Astrid, eu gosto, mas tem duas chatas que não suporto, então não estou vendo.Pena, pq os temas são sempre atuais, esse do livro por exemplo, eu não sabia.
Eu acho que este teste acertou,como eu ser segura, pois eu ja fui muito indecisa, agora não, eu sei o que quero, e não abro mão de ser assim, feliz
, e com todos os defeitos que meu dna trouxe.
beijinho de boa noite
Zizi

Calma que estou com pressa! participou com o comentário número:

oi Adri
eu concordo mais contigo
relcionamentos se dependessem da ciencia era só pesquisar e tudo se resolveria
o convivio ,paciencia, tolerancia, amizade , isto que prevalece
bjs
lu

Pepa participou com o comentário número:

Ai Dri, eu não sei se esses estudos são verdadeiros e podem resolver tudo, mas sou louca por testes, fui fazer e adivinha :Ansiosa...

E eu bem que sabia disso, rsrs

Adorei o post e o teste !!!

Bjus 1000 linda !!

Beatriz Paulistana participou com o comentário número:

Boa noite linda Adriana!!!
Fui fazer o teste e deu seguro.
Bem acho que como você mesma disse no relacionamento devemos ter um pouco de tudo. Não há uma fórmula mágica para o amor acontecer...mas ele acontece quando menos esperamos. Meu pai sempre disse isso para mim. E não é que ele estava certo. Conheci meu esposo em um local aonde nunca imaginei e ele trabalha em uma profissão que vim conhecer após conhecê-lo. E viemos de lugares opostos, ele norte de Minas e euzinha de São Paulo. Nos encontramos no meio do caminho no mesmo ano que nos mudamos para Luz/MG. #fato. A vida é uma caixinha de mistérios...deixe acontecer e seja sempre feliz!!!
Bjokas...da Bia!!!

Sissym participou com o comentário número:

Adri,

O tema é bem interessante, pensando bem existem significados ou compreensão ao sentido de apegar.

Obrigada por compartilhar.

Beijos e bom domingo.

luallessi participou com o comentário número:

"Será que podemos simplificar tanto assim os relacionamentos? Saber qual é o nosso perfil e procurar um perfil adequado para a gente por meio da ciência?"

Se dá, não sei...mas com certeza essa teoria/possibilidade tem feito o successo de muito site e agência de relacionamentos

Mireliinha participou com o comentário número:

Quando eu vi esse livro para solicitação, nem dei tanta atenção. Mas agora depois do seu post, achei interessante...

Fiquei curiosa!

:*
Mi
Inteiramente Diva

Tatá participou com o comentário número:

Oiiii

Confesso que já voltei aqui várias vezes só pra ver os comentários... heheehe.

Não dá pra acreditar 100% nas pesquisas, mas certamente elas apontam que um grande número de pessoas reage da mesma forma, então não dá pra ignorar né...

Compartilha dessa ideia de que ao longo da vida podemos ser/estar diferentes.

Bjus

ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS participou com o comentário número:

Acesse o link do GRUPO ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS. É só acessar e verificar no canto superior direito a mensagem (seguir este grupo). Clique em cima e participe enviando seus poemas, contos, crônicas, biografias culturais, projetos, eventos culturais, textos, sugestões de discos, livros, filmes, autores, etc.
https://www.facebook.com/groups/149884331847903/

Postar um comentário

Olá, adoro ler os comentários que vocês deixam.
Beijos
Adriana Balreira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...