Blogagem Coletiva - Culpa Zero

Começou um papo no twitter não sei como e nem com quem. Só sei que estavam todas se sentindo culpadas com tudo. Entrei na conversa das meninas e a conversa rendeu tanto que a Luci Cardinelli sugeriu uma blogagem coletiva sobre o tema Culpa Zero. Com direito a um selo lindissimo feito pela Tays Rocha.


Nós mulheres sentimos culpadas por tudo que acontece no mundo. Não sei a razão e nem procuro por não querer me sentir mais culpada...E é por que não sou casada e não tenho filhos que o sentimento de culpa não assola o meu ser. Sim, me sinto culpada. Só o fato de ser mulher já sinto o peso. No trabalho, no namoro, na relação com meus pais e irmãos sinto que tenho que ser a super mulher. Não falhar em nada. Me cobrar. Me culpar. Mesmo que não tenha o controle de tudo. Coisa que ninguém tem.
Fico imaginando as mães. Que sofrem muito mais com essa culpa por terem o sentimento de que são responsáveis até por uma gripe que seu filho pega. Culpa zero em nós mulheres! Não podemos carregar todo o peso de administrar filhos, casamentos, casa, profissão... Temos que dividir esse peso com as pessoas do nosso convívio. Temos que ter direito e prazer de nos divertir com as amigas, sozinha...De nos cobrarmos menos, sermos um pouco "irresponsável". Tempo de sermos livres. Livres de filhos, pais, namorados, maridos, empregados, patrões... Um tempo só para nós, para sentirmos o prazer de sentir Culpa Zero.

20 comentários:

Luci Cardinelli participou com o comentário número:

Temos mesmo que saber que nunca seremos perfeitas e parar de nos cobrar isso :)

beijos e obrigada por participar!

deixa o link nos comentários do post da Elaine para ela linkar

Lola Sciwinzki participou com o comentário número:

Oie lindérrima.
Menina olha é incrível, como já sentimos culpa só por ser mulher.
E nas relações de convívio então, com a família, com os amigos, com o namorado/marido.
Adorei sobre um tempo para sermos livre.
Acho q é isso mesmo.
Bjks.

Ana Paula Santiago (inventandocasa.blogspot.com) participou com o comentário número:

Ah, imagine as mães!!! Mulher é um poço de culpa, se é mãe então o poço vira abismo!!! kkkk Mas tenho exercitado me cobrar menos, ser mais leve, ser mais feliz e isso faz um BEEEEEEMMMM!!!

orvalho do ceu participou com o comentário número:

Olá, Adriana querida
De fato a gente precisa distender... relaxar!!!
somos consicentes por sermos justamente mulheres... temos um conceito formado de responsabilidade pessoal e social... isso é nato em nós... graças a Deus!!!
Porém, fazer tudo por amor é o segredo da nossa realização plena e sem culpa quando erramos por sermos simplesmente humanas...
Bjs de paz e culpa zero.

Neli Alves participou com o comentário número:

Amei sua visita ao meu blog. Vim para retribuir e encontrei um post lindo, interessante. Quanto à idade, tenho só 67 - aliás faço 68 neste mês, rsrs.
Já vivi muito, tenho direito a ser feliz, não é? kk
Bjks. Neli Alves

Carine Gimenez participou com o comentário número:

Apoiada Adriana:"prazer de sentir culpa zero".
Beijo.

Roberta M. participou com o comentário número:

Odeio culpa, já fiz muita análise prá chutá-la prá fora da minha vida e de uma certa forma, me ajudou muito, de vez em qdo ainda dá o ar da graça, mas hoje a controlo melhor!! Beijocass

Du participou com o comentário número:

Impossível dizer que não existem ou não existirão mais culpas, porque isto é inerente à vontade de nós, seres humanos. Mas se a gente puder refletir e principalmente ponderar nossas atitudes e agir sempre de forma correta com as pessoas que nos cercam, com certeza as culpas diminuirão e muito na nossa mente. As culpas muitas vezes estão ali e somente ali, fixadas na mente, sem fundamento algum para existirem de fato.

Acho que vale a reflexão.

Bela postagem, parabéns!

Marcia participou com o comentário número:

Oi, Dri, é isso mesmo. Acabamos nos cobrando demais, fazendo demais, exigindo demais. E acabamos aceitando o erro no outro mas não em nós mesmas. Temos que conquistar o direito à irresponsabilidade, como vc diz. Não que vamos largar tudo, mas é fundamental conseguir 5 minutinhos para nós mesmas.
Beijos

Lica participou com o comentário número:

Dri,

Acho que a culpa faz parte do ser humano e nós mulheres entramos na fila 2 vezes antes de nascer. Ja me senti muito culpada por diversas coisas, hj faço o que gosto e como posso.

Bjão

Giuliana: participou com o comentário número:

Oi Dri,

Achei interessante quando você diz sentir culpa pelo simples fato de ser mulher. Engraçado como realmente parece ter um peso maior. Mas este peso só aumentará ainda mais se permitirmos. Então, nos cabe a tentativa de aceitar que somos mulheres, e conseqüentemente, imperfeitas. ;oD

Beijos

Telma Maciel participou com o comentário número:

É, Adri... a gente sabe que não é perfeita, mas tenta ser. Não sendo... CULPA! rs
Eu tô tentando acabar com isso. Um exemplo é que a sexta feira é MINHA! Faço o básico em casa e de tarde cuido de mim!!! Sem culpa! rs
Beijo

Lu Souza Brito participou com o comentário número:

Falou tudo! Dizer NAO, TÔ NEM AI, FAÇO QUANDO PUDER...isso tudo dá um alivio danado.
Não, nao vou me sentir culpada por isso.
Agora mesmo vou ali gastar R$ 20,00 comigo (c/ a designer de sombrancelhas) em vez de comprar qq coisa para casa com este dinheiro. ahaha.
um abraço

Irene Moreira participou com o comentário número:

Olá Adriana

Independemte das nossas escolhas de ser solteira ou casada não altera a condição das mulheres e sua forma de pensafr e dar valor a vida.
Apesar de eu ser do tempo onde a educação era um pouco diferente existem pontos em comum entre nós mulheres.
Muito bom compartilhar com vocês estar Blogagem Coletiva.
Beijos

Atelie Inventare Arti - Ivelise participou com o comentário número:

Culpa Zero é ser você mesma!!!! Não se pode agradar gregos e troianos!!!
Seja feliz!!!
Beijo
Ivelise

Renata C., UMA EXPATRIADA (esposa, mae, mulher...) participou com o comentário número:

Adriana! Engracado vc tocar nesse assunto da culpa da mae em relacao ate' mesmo a gripe do filho... pois foi o mote do meu POST: CULPA DE MAE! kkkkk!
Achei muito legal participar dessa POSTAGEM COLETIVA! BOA IDEIA a vcs meninas!

O meu taqui o':
http://umamaeexpatriada.blogspot.com/2011/04/por-uma-vida-mais-feliz-e-leve-culpa.html

Tays Rocha participou com o comentário número:

Oi amiga, é bem isso mesmo, nós é que nos impomos as culpas, na maior parte das vezes... cabe a nós sabermos das nossas capacidades e limitações, sobretudo nos aceitarmos humanas e gente de verdade. O primeiro passo é identificar, depois tratar o que nos aflige. Beijocas ♥

Bel Rech participou com o comentário número:

É nos sentimos assim, para provar para quem?Hoje utilizo as palavras, primeiro eu, até para meus filhos, para não me sentir assim...Essas visitas nos blogues, faz com que conheçamos tantas realidades e trocar experiências...paz e bem

Blog do Óbvio - Manoel participou com o comentário número:

Adriana, concordo plenamente com isso e estou disposto a partilhar essas responsabilidades. Nào tem por que ficar sobrecarregada. A vida é muito curta para se tornar dramática.
Beijos
Manoel

Postar um comentário

Olá, adoro ler os comentários que vocês deixam.
Beijos
Adriana Balreira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...