Meus Queridos Estranhos #Resenha

Já conhecia essa autora do livro Amor em dois tempos que eu amei de paixão. E quando vi nos lançamentos de janeiro/2017 da Companhia das Letras o novo livro da Livia Garcia-Roza Meus Queridos Estranhos quis logo solicitar para ler. E não me arrependi, amei. ♥ Li em um dia! Uma leitura rápida, gostosa e leve. Mesmo a trama do livro ser de perdas, morte, separação.


Site | Facebook | Twitter  Instagram 

O livro começa com um casal em saída casual para conversarem e nisso resulta no pedido de separação por parte do marido Manoel. A protagonista do livro é a narradora sem nome, trabalha em uma orquestra tocando clarinete e tem uma filha de 16 anos Mariana. Com a separação vem a dor e um cachorro para amainar a dor da filha. Mal recuperada da separação vem a notícia da morte do seu ex-marido, a deixando com mais dor e desamparada. 


Passa um tempo e um amigo da orquestra, Xavier, a convida para sair. Começam um relacionamento mesmo que a dor ainda persista na nossa protagonista. Xavier é mega ultra paciente e a pede em casamento. Nesse meio termo a filha Mariana arruma um namorado e é uma típica adolescente "aborrecente". A única preocupação da filha é cuidar do cachorro e chamar a atenção da mãe dela. Após o casamento com o Xavier, nossa protagonista tem que conviver com a enteada chata que nitidamente não gosta dela.


O livro é narrado pela protagonista sem nome e vai descrevendo sua angústia, sua dor, suas lembranças, seus medos de voltar a viver um novo amor. São relatos do seu cotidiano, seu dia a dia marcado por dor da perda do seu grande amor e como a vida tem que seguir. A protagonista ainda está presa ao passado, se sente culpada pela rebeldia da filha. Não consegue se libertar do passado. Uma leitura para refletirmos e desapegar do peso do passado. Olhar o futuro e viver com toda força. Nada de ficar remoendo o que poderia ter sido. Bola pra frente!! 

Beijos literários 
Adriana Balreira

6 comentários:

✿ chica participou com o comentário número:

Acho que iria gostar! Bola pra frente é meu lema! bjs, lindo dia! chica

Pedrita participou com o comentário número:

fiquei curiosa. eu li um só dele e gostei. beijos, pedrita

Zizi Santos participou com o comentário número:

Olá Adriana
acho que a leitura desse livro reflete o que acontece com muitas pessoas.
Sou dessas. Quarenta anos depois ainda remoo o passado
É coisa minha. Aí falo, pronto , ja me livrei. Que nada ! Ele volta para me assombrar.
Desligo o botão, mas ele ainda está ali, piscando.
São leituras assim, que nos faz refletir e aprender a viver
ótima dica de livro

bjs

piteis da dinha participou com o comentário número:

Oi Adriana, bt!
Eu ainda não li o livro, mas pela resenha consigo ver que é uma história igual a de milhares de pessoas pelo mundo. Embora eu não esteja incluída nesse grupo de pessoas, mesmo assim acho que vou gostar de ler esse livro!
Bjsss amiga

Andréa Santana participou com o comentário número:

Hello, querida Adriana!
Infelizmente tem muita gente presa ao passado, parece ser um livro interessante.
É tão ruim sentir angustiado.

Beijinhos ♥

Betty Gaeta participou com o comentário número:

Oi Adriana,
Não tinha lido nada a respeito deste livro, mas parece ser interessante. Gostei da resenha.
Bjs

Postar um comentário

Olá, adoro ler os comentários que vocês deixam.
Beijos
Adriana Balreira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...